12 junho 2008

Loucuras de um Corredor!!

Ao escrever estas linhas faço uma pergunta até onde você iria para participar de uma corrida?
Bom, vou contar do que fui capaz, ou melhor, do que fiz para chegar a linha de largada. Tudo começou com a loucura de fazer uma maratona, até ai tudo bem, sabia que um dia chegaria minha vez, mas porque não aproveitar minha estadia nos EUA para fazer uma estréia internacional. Sai procurando uma pela internet, pensei numa próxima de Detroit, para minimizar o custo, e se caso eu não conseguisse a frustação seria menor.
Entretanto esta foi cancelada, e passei meus olhos para uma na Califórnia, muito longe de onde eu estava, mas simplesmente acima de qualquer sonho de um estreante,mais de 20.000 corredores, isto porque era somente para maratonistas, nada de meia, 10km, ou caminhantes. No percurso 40 bandas de rock, cheeleaders, e multidões torcendo...
Well, uma loucura desta valia um gasto maior, concordancia da patroa, e lá vai, começar todo um planejamento, inscrição, hotel, avião....E treinando muito pouco desde minha saida do Brasil. Nas 3 semanas que antecedia o evento, olhando todo santo dia, várias vezes no site, para ver os detalhes, assistir inumeras vezes o vidêo da Maratona do ano passado (2007), e saborear, imaginando estar por aquelas ruas..
Chega finalmente o fim de semana do grande dia, todo animado, vou para Detroit e pego o avião, com escala em Dallas, e final em San Francisco, já no aeroporto na sexta-feira a noite, escrevo no meu blog todo animado sobre o grande evento, conforme pode conferir no post abaixo..
Depois de quase 6 horas de avião, uma diferença de 4 horas no fuso, estou eu, em San Francisco, Califórnia, pronto para o grande dia, Rock ‘n’Roll Marathon.

Acordo de manhã, vivendo a vespera de um sonho, o dia que enfretaria os tão temiveis 42.195metros, vou passear pela bela San Francisco, dos piers, bondinhos e bela costa maritima, imaginando que no próximo dia estaria enfrentando aqueles planos e ladeiras. Tudo perfeito, vou procurar o centro de conveções da cidade para pegar o meu kit, e ai vem a grande supresa, depois de procurar incansavelmente pela rua, descubro através da recepcionista do hotel, que estou na cidade errada, isto mesmo, ao invés de ir para San Diego, onde seria a Maratona, estava em San Francisco, no momento me faltou palavras, não antes de dizer a pobre recepcionista que ela estava maluca, a rua era naquela cidade...Ledo engano, talvez um dos maiores de minha vida, simplesmente errei o alvo em 800km...
Que faria então? San Francisco é uma bela cidade, mas eu não queria só fazer turismo, sou um não corredor que corre, que queria fazer minha estréia numa maratona, ainda mais naquela, Rock Roll Marathon, 20.000 pessoas, apesar de tão pouco tempo, já tinha sonhado várias vezes fazendo aquele percurso..
Num acesso de loucura, pego todas minhas coisas, isto porque já era meio-dia do sabado, jogo no banco de trás do carro e parto para San Diego, afinal, só teria de cruzar toda a Califórnia de norte a sul, apenas 800km...
Claro que as estradas americanas são uma outra história, depois de 10 horas de estrada, e apenas uma baguete como refeição, já tinha atravessado os 800km e chegado ao meu destino , San Diego..E pensar que a saga apenas começava, só consegui vaga no sétimo que fui, quando já estava desistindo e imaginando que absurdo havia eu feito, teria de dormir no carro, e a maratona se tornaria apenas meu suicidio. Sem treino adequado, dirigindo por mais de 10 horas, se alimentando mal...
Vou para cama sem nem tomar banho, não sabia se era cansaço, ou a dor que assomblava minha alma, porque fiz aquele absurdo. Acordo 3:30 da manhã, não consigo mais dormir, mas como uma sensação diferente daquela da noite anterior, agora tudo fazia sentido, e aquele 42.195 m, tinham de ser conquistados, que não estava ali para desistir, que era um sonho palpavel..
Tomo meu banho, coloco os acessórios, e parto para linha de largada, sem saber onde era, e com uma fome enorme...
Quando chego na largada, e vejo os corredores chegando, os voluntários, penso, este é meu lugar, e vejo o que é uma organização de primeiro mundo, chips no tenis, numero na camisa, me deparo com várias barracas, com café, pão, frutas, isotonicos...E tudo free para os corredores...
Agora sim, nada mais me segura..
Depois do hino nacional americano, começaqmos a andar até o tapete vermelho,
20.000 pessoas, e começa a corrida..
Milhares de pessoas pelas ruas, gritando, torcendo, varias bandas de rock no percurso, ruas que sobem e descem e sempre aquele mar de pessoas...
Os kilometros vão passando, a emoção de estar ali, depois de tanto sofrimento, não tem preço, muitas vezes pensando em tudo e também na ultima conversa com minha esposa, fiel torcedora deste lerdo, as lagrimas brotam nos olhos.
Quando o cansaço e a dor tomam conta, basta pensar nestas coisas e a força brotava...
E pensava, se realizar esta façanha, sou capaz com a graça de Deus fazer qualquer coisa..



Depois de 42.195 m e 4h17’, estou eu lá cruzando a chegada, com lagrimas nos olhos, bolhas nos pés, dor nas pernas e um sorriso que ninguém consegue entender..
Finalmente, realizava minha primeira Maratona e em grande estilo!!
site do evento: http://www.rnrmarathon.com/home.html

5 comentários:

Running Brazil !!!!!!! disse...

Isso que é um guerreiro !!

Valeu mestre Serginho, seguirei seus passos um dia...

Pitadinha de Amor disse...

gostar de algo e bom e ter um esporte como paixao e otimo imagino a emoçao de estar competindo vencer nao e sempre o objetivo e sim um trofeu
ok ...
http://pitadinhadeamor.blogspot.com/

lupatini disse...

Cacilda.

Acompanho seu blog e seu perfil no Orkut, mas não sabia de toda a saga ainda.

Meu 42.195 parabéns para você. Guerreiro mesmo!

Sou novatão, ex-fumante, pouco volume de rodagem e ler histórias como essas me fazem sempre continuar. Um dia alguém também vai me desejar 42.195 parabéns. Mas já me sinto vitorioso por hoje correr e ter deixado uma vida sedentária para trás.

É isso ai Sergião!
Novamente parabéns!

Rogério disse...

Parabéns pela maratona !!!

Rogério_lobo

Marly Vitacchi disse...

Eu quero ser como voce quando crescer!!
Sergio..
demais..........